Resiliência emocional: 5 estratégias para ser um “pro”​

Tempo de leitura: 2 minutos.

 

Não é fácil, mas é possível. As formas são simples de se aprender, mas exigem estômago de se praticar quando a última coisa que queremos é lutar, quando tudo e todos querem nos derrubar. Quando temos todas-as-razões-do-mundo para entrar no mi-mi-mi, no modo vítima. Seria bom ficar na “buraco” e esperar a avalanche de problemas passar…

Pera aí… Somos especialistas em alta-performance. Somes empresários, executivos, pais e mães de família, membros responsáveis da sociedade, cidadãos responsáveis!

Qual o sentido de ficarmos nas limitações, no chororô? Na verdade, além do benefício aparente de “conforto”, pois afinal “o mundo nos persegue…”, não existe mais nenhum benefício. Pelo contrário, ficar plantado no estado emocional limitante não ajuda em nada, só piora.

Compartilho agora com você cinco estratégias que são utilizadas até pelos Navy Seals para você se manter centrado, focado, em alta performance, no matter what.

Resiliência Emocional #1 – Como comer um elefante

A máxima de “como comer um elefante” é válida aqui. Diante de problemas ou desafios gigantescos, nada como “dividir para conquistar”. Se está difícil encarar o dia, comece encarando a manhã. Ou melhor, uma hora de cada vez.

Resiliência Emocional #2 – Visualize o sucesso

Ensaio mental ou visualização criativa. Não importa o nome que você dê para esta técnica. Funciona e é validada por esportistas, técnicos e cientistas. Não vai ficar de fora não é mesmo? Se visualizar é de graça, aproveite e visualize o que funciona para você!

Resiliência Emocional #3 – Respiração 4x4x4

Com esta técnica, você reduz seu nível de cortisol (ou seja seu estresse e ansiedade) com inspirações e expirações de 4 segundos por 4 minutos. São apenas 4 minutos que podem mudar completamente seu estado emocional.

 

Resiliência Emocional #4 – Não-reatividade

Antes de reagir, pense, escolha e então entre em ação. Re-signifique o que está acontecendo. Não tome decisões precipitadas.

 

Resiliência Emocional #5 – Pequenas vitórias

O nome do jogo aqui é celebrar! Isso mesmo, celebre cada pequena vitória, cada pequeno sucesso. Se você precisa construir uma parede, você pode considerar sucesso somente quando terminar a parede. Ou então, se reconhecer por cada fileira de tijolos ganhando ânimo para continuar a completar a parede.

 

Se você acha que esta informação é útil para outras pessoas, curta e compartilhe.

Um abraço e até a próxima.