Quem você quer atender?

Tempo de leitura: 2 minutos.

target

Quantas vezes escutamos ou mesmo nós dizemos que TODOS são bons clientes para nós? Será que isso é verdade mesmo? Será que não existem certos tipos de pessoas ou empresas que não são assim tão interessantes?

Talvez em sua jornada profissional você tenha se deparado com clientes que não pagam ou pelo menos não pagam corretamente, clientes que são mal educados, clientes que se consideram donos da verdade absoluta, clientes que trazem mais problemas e dor de cabeça do que prazer em atender.

Esses clientes eu NÃO quero atender. E você? Isso nos leva a uma outra reflexão: que tipos de clientes você SIM quer atender? Qual seria o perfil do seu cliente sonho? Definir claramente o público alvo é uma tarefa profunda, trabalhosa e muito estratégica. Descreva seu público alvo com riqueza de detalhes: faixa etária, gênero, poder aquisitivo, qualidades, desafios que enfrenta, gostos, hábitos, como pensa, por onde anda, com quem se relaciona etc.

Num primeiro momento pode parecer limitador demais descrever o cliente sonho assim com tanta precisão. Afinal, queremos atender mais clientes para ter mais resultados certo? Não necessariamente. Queremos atender os clientes certos, aqueles que nos trarão satisfação e mais retorno.

Quando especificamos nosso publico alvo criamos uma espécie de mira a laser e passamos a ser muito mais efetivos e a ter resultados muito mais interessantes. Nossa comunicação e criação passa a ser direcionada para ele. Isso traz também economia. Você passará a ter mais tempo para atender as pessoas certas porque deixará de atrair as pessoas erradas. O que não significa que você não atrairá outros perfis também interessantes para você e seu negócio.

E agora vem um ponto relevante mas que poucas vezes é considerado. Em quem você e sua empresa precisam se transformar para atrair e atender e fidelizar esse cliente precioso? Lembre-se, fazemos negócios com quem a gente conhece, gosta e confia. É preciso comunicar e agir de forma congruente, alinhada, pois o cliente percebe quando algo não cheira bem.

Qual seria seu próximo passo? Talvez seja definir seu público alvo com mira a laser. Talvez seja repensar a forma como sua empresa se comunica, qual imagem vocês tem transmitido. De qualquer forma, tirar um tempo para planejar e cuidar da estratégia do negócio é valioso e pode economizar montantes significativos de tempo, recursos, saúde e dinheiro.

Foco na missão e sucesso!