Confiança: a base dos relacionamentos profissionais bem sucedidos

Tempo de leitura: 2 minutos.

aaeaaqaaaaaaaahwaaaajde2mznimdazltg1n2mtnddhzs1in2rjltvlnjjlyju4nzgwmw

Confiança é a base de qualquer relacionamento. Inclusive os profissionais. Afinal, fazemos negócios com quem a gente conhece, gosta e confia. Mas antes de confiar no outro é preciso primeiro confiar em si mesmo.

Quantas vezes duvidamos de nós mesmos, de nossa capacidade. Ainda que externamente façamos um excelente discurso, se internamente nos sentimos inseguros isso é percebido pela outra pessoa como algo incongruente. Talvez a outra pessoa não saiba exatamente o que a deixa com “o pé atrás”, mas ela vai perceber.

O primeiro e mais importante relacionamento de todos é o próprio. A gente com a gente mesmo. É preciso sim confiar, acreditar em si e se amar. Só assim será possível para as outras pessoas gostarem e confiarem em nós. Então, vamos fazer algo para aumentar nossa própria estima agora mesmo?

Depois de estreitar a sua relação com você mesmo, é hora de ir para o mundo. É muito mais fácil, eficiente, produtivo, prazeroso e lucrativo fechar negócios com ou através daquelas pessoas com quem temos um relacionamento de confiança mútua. E para isso é preciso tempo e dedicação.

A confiança vem com a convivência, com o tempo e em termos de negócios, com o número de transações comerciais compartilhadas entre você e seu parceiro ou seu cliente ou seu fornecedor. É preciso dedicar um tempo para conhecer a pessoa, colocar-se à serviço dela no que estiver ao seu alcance. Sim, porque é preciso primeiro contribuir para depois ganhar. Colocar o ciclo de dar e receber em movimento. Afinal só se tem frutos depois de plantar e regar.

O que nos remete à informação de que é preciso nutrir e cuidar deste relacionamento. Ainda que os negócios sejam feitos de empresa para empresa, isso só acontece porque duas ou mais pessoas estiveram em contato. Humanizar o relacionamento profissional é uma chave de outro. Atrás de todo CNPJ tem um CPF cheio de sonhos, necessidades e desafios e qualidades assim como você.

Sendo assim, como você poderia aumentar sua confiança em você mesmo? Como você poderia estreitar os laços de seus relacionamentos profissionais? O que você escolhe e decide fazer hoje para ter mais confiança nos seus parceiros, clientes e fornecedores? Pense, aprenda entre em movimento. Bons negócios!