Mindfulness: Serenar a mente é possível!

Tempo de leitura: 2 minutos.

Mindfulness

No meio corporativo temos escutado com certa frequência a palavra mindfulness. O conceito milenar encontrado em filosofias orientais como budismo, taoísmo e yoga, vem sendo aplicado em grandes organizações como parte da estratégia para aumentar e melhorar a qualidade da produtividade de seus colaboradores.

Mas o que é mindfulness?

Em português pode ser traduzido livremente como “atenção plena”, atenção voltada para o momento presente. No oriente é compreendida como a faculdade espiritual ou psicológica em que o indivíduo supera as ilusões e fica em paz com suas emoções. É uma maneira profunda de ampliar a resiliência psicológica e emocional e de aumentar a satisfação com a vida.

Este estado está relacionado a comportamentos como:

  • Não julgamento
  • Autenticidade
  • Aceitação
  • Paciência
  • Autoconfiança

Contribui para:

  • Diminuir o stress
  • Elevar a inteligência emocional e o autoconhecimento
  • Proporcionar mais calma e tranquilidade
  • Gerar mais equilíbrio entre corpo e mente
  • Aumentar a satisfação e o bem-estar

E como podemos relacionar o mindfulness com o coaching?

Esta técnica melhora o desempenho do coach pois contribui para que sua atenção esteja plenamente focada no coachee (cliente). Já o coachee desenvolve novos padrões mentais que estimulam a criatividade, aumentando a assertividade na resolução de problemas; aumenta o nível de consciência do coachee o que traz maior poder de ação e senso de responsabilidade; contribui para que o coachee administre melhor suas emoções, enxergando as necessidades de mudança que propiciam melhor qualidade e aumentando a satisfação com a vida.

Como praticar o mindfulness?

A atenção plena envolve ampliar a consciência dos estímulos sensoriais, como perceber a respiração e as sensações fisiológicas. Trazendo a mente para o presente, sofremos menos os impactos de pensamentos negativos, nos libertamos e energizamos para criar, escolher, decidir, aprender e agir.

Apesar de muito associado à meditação, existem outras formas de praticar a atenção plena:

  • Foco total na atividade que está desempenhando
  • Ouvir de maneira mais consciente os sons de seu ambiente ou ouvir sua música preferida com mais atenção, distinguindo detalhes
  • Atenção às sensações físicas, como a textura dos tecidos, ou a sensação da água no corpo enquanto toma banho
  • Comer de forma mais consciente prestando atenção na textura e no sabor de cada alimento
  • Observar os pensamentos que passam pela sua mente
  • Respirar com intenção, sentindo o movimento do corpo, contando o tempo de inspiração e expiração com calma

Quais os benefícios desta prática?

Estudos indicam que praticantes de midnfulness tendem a desfrutar de maior satisfação em seus relacionamentos e a lidar de modo mais construtivo com o stress, além de comunicar-se com mais eficácia em situações de conflito. A prática melhora o autoconhecimento e isso influi em nossa qualidade de vida uma vez que cuidamos melhor de nossa saúde. A qualidade do sono melhora, os sintomas de ansiedade diminuem e a autoconfiança aumenta.  E tudo isso tem impacto positivo também em seu desempenho no trabalho.

Agora fica mais fácil entender por que as grandes corporações estão investindo nesta prática como benefício a seus colaboradores. E você, vai ficar de fora dessa?

Deixe uma resposta