O “Bom”, o Feio e o Mau: Três Personas em Conflito

Tempo de leitura: 1 minutos.

good-bad-ugly

Apresentando O Bom (Perfeccionista).

O perfeccionista nunca está satisfeito com o resultado pois é impossível atingir a perfeição. Sempre há uma arrumaçãozinha aqui, uma última melhoradinha lá… E fica nessa brincadeira, mmm, basicamente, para sempre. Pois afinal, ainda não está perfeito, certo?

A questão é que muitas vezes não fazemos nada pois temos medo de errar. Não aceitamos ou suportamos a visão de algo imperfeito. E o perfeccionista espera o momento perfeito, com as informações perfeitas, com a formação perfeita, com a equipe perfeita, ai….
O medo de errar, de não ser perfeito faz com que o perfeccionista se transforme no procrastinador.

Apresentando O Feio (Procrastinador).

Procrastinar é feio. Ninguém gosta de quem empurra com a barriga. O fato é que todos nós em algum momento e especialmente em algumas áreas pessoais ou profissionais adiamos o que precisa ser feito. O que pouquíssima gente sabe é porque nós realmente procrastinamos em muitas tarefas. (Dica, leia acima 😉

Apresentando O Mau (Baixa autoestima)

E depois de muito perfeccionismo e de muita procrastinação nos transformamos em desvalorizados, com baixa autoestima porque não fazemos o que devemos fazer (quando devemos fazer!).

Já ouviu o ditado: “Autoestima é tudo”? Basicamente, é mesmo. Se você não acredita que é capaz de realizar algo não conseguirá desenvolver as competências para atingir seus objetivos. Note que autoestima não é arrogância, é o sentido de autovalorização de saber do seu próprio valor independentemente do valor que outros colocam em você.

Epílogo

Quer aumentar sua autoestima? Simples, não procrastine.
Simples, mas não necessariamente fácil.

Uma homenagem ao Spaghetti Western por excelência.
https://www.youtube.com/watch?v=vkGmLOafYQs

 

Deixe uma resposta